Os Caras e os Totós

June 18, 2007

Há esses senhores que são os caras – com eles, desde sempre, deram-se as melhores situações, passaram-se os mais proveitosos acontecimentos e interpuseram-se as mais belas mulheres. Fato é que os representantes deste tipo não sabem nem jamais saberão comportar-se civilizadamente numa conversa. Está você falando de algo, gesticulando com vontade, suando até, e quando por fim conclui, o cidadão empenha-se em narrar uma história que supostamente é muito melhor, com números maiores, detalhes mais ornamentados, pois que ele sim é o cara.

Jamais possuí amigo assim, mas não é difícil encontrá-los. Quando detecto os trejeitos característicos desses seres superiores, tomo minha bengala, aprumo o chapéu e saio andando como se fosse cumprimentar alguém no outro lado da rua. Reconhecê-los é tarefa simples; quando, por exemplo, estiver a contar com voz embargada que seu cachorro morreu atropelado e ouvir do outro que isso não é nada, que uma vez seu peludinho morreu, mas ressuscitou só para morrer de novo, alcançando a recordista marca de duas mortes, é recomendável que você enxugue os olhos e corra para casa.

A maneira civilizada de se escutar alguém nessas condições, quando faleceu um Totó, é em silêncio, fazendo uma grande vênia assim. Necessário que se escute com piedade e compaixão e jamais se cite um caso semelhante, o que relativiza a consternação alheia, e se há algo que as pessoas têm de conhecer a fundo é a tristeza – o mais eminentemente humano dos sentimentos. Pois um homem só é realmente um homem quando carrega consigo uma pequena dose de melancolia.

3 Responses to “Os Caras e os Totós”

  1. Pedro Costa Says:

    Fico feliz que tenhas tido paciência de ler meus dejetos de sentimento. As vezes acho que exagero na tristeza, mas depois vejo que a função das palavras para mim, é exatamente a de excretar minhas mágoas.
    Gostei do modo que escreves, sua arrôgancia em alguns textos, faz-me rir com cara de “que audácia”.
    Não sei se te decepciono, mas sou natural de Florianópolis, moro cá faz dois anos e pouco.
    Volto a visitá-lo.
    o/

  2. Dael Says:

    Seja bem vindo então, Pedro.😉

  3. Lívia Says:

    Oii Dael, sou a amiga da cris q vc é apaixonado lembra?
    hahahahahah
    Amei seus textos, vc escreve muito bem, parabéns. A cris até está com ciúme já. Ela fala que fico lendo e não dou ateção pra ela. hahahah
    Beijos


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: